• ALLMáquinas

Descubra como são constituídos os pneus de diversos tipos de máquinas.


Fonte: AllMáquinas

Sabemos de toda complexidade que as máquinas pesadas carregam em sua construção. Estruturas pesadas e fortes, estes equipamentos precisam contar com pneus de alta resistência que aguentem o dia a dia de trabalho intenso. E você sabe como são constituídos estes pneus? Preparamos uma explicação detalhada de como eles são constituídos.


Estrutura de um pneu

Carcaça: Base dos pneus, é construída com lonas emborrachadas com talões. É a estrutura que resiste a variação de pressão e peso da máquina.

Talões: São constituídos de diversos fios de aço, dando resistência e impedindo a deformação de toda a estrutura e garantindo a mobilidade do aro.

Intermédios: Feitas de tecidos emborrachados, eles são lonas que protegem a carcaça de impactos e garantem elasticidade ao conjunto de banda de rolagem de carcaça.

Flancos: Construídas com camadas de borracha, ficam nas laterais dos pneus para proteger a carcaça do mesmo.

Banda de rodagem: É a parte que toca o solo e faz com que o pneu tenha o desempenho esperado. Que ele consiga tração e resista às condições adversas de trabalho e do ambiente.

Liner: Colocada na parte interna do pneu, ele tem o objetivo de vedar completamente o pneu sem câmara.