• Girotti

Quanto custa uma máquina parada?

Máquina parada é prejuízo na certa. Por isso, é fundamental ficar atento na hora de trocar as peças, especialmente no sistema de injeção.


Fonte: Girotti


Componentes para a injeção eletrônica — como as unidades injetoras e bombas, por exemplo — tem um valor um tanto quanto alto.

Por conta disso, muita gente acaba optando pelas opções remanufaturadas, que realmente saem bem mais em conta.


Nesse sentido, sem dúvida, o fato de ser remanufaturada não é, de modo algum, um problema. Hoje em dia, as opções remanufaturadas de boa qualidade possuem uma durabilidade igual ou muito parecida a de peças novas. Na verdade, o grande problema é — na ânsia de economizar — ao comprar a peça remananufaturada, acabar seduzido por preços abaixo do mercado.


Preços que, analisando friamente, são impraticáveis num produto de qualidade. Com toda a certeza, esse é um problema enorme, pois resulta no maior pesadelo de todos que trabalham com máquinas pesadas: MÁQUINA PARADA.


MÁQUINA PARADA É PREJUÍZO NA CERTA

Certamente, disso você já deve saber: máquina parada é garantia de prejuízo. Mas de quanto é esse prejuízo? Fizemos uma conta rápida para que você entenda melhor:


QUANTO CUSTA UMA MÁQUINA PARADA:

Se uma escavadeira trabalha por R$ 200,00/hora, em 10 horas de trabalho diário esse equipamento gerará R$ 2.000,00 de faturamento.


Agora, suponhamos que essa mesma escavadeira apresente problemas no sistema de injeção. Nesse caso, chutando baixo, você perderá no mínimo três dias para resolver.


Nesse cenário, serão R$ 6.000,00 reais a menos de faturamento no final do mês. Isso, sem falar nos transtornos devido ao atraso nos serviços.


Ou seja, as vezes, na ânsia de economizar (por exemplo, uns R$ 1.000,00) na compra de uma peça mais barata, você pode acabar perdendo R$ 6.000,00 ou até mais devido ao tempo de máquina parada. Infelizmente, isso acontece toda hora.

De fato, o número de unidades e bombas que recebemos aqui na GIROTTI de clientes nessas condições é enorme, muitas delas não rodaram nem mesmo 400 horas!


DÊ UMA BANANA AO PREÇO DE BANANA

Quando se trata de máquinas pesadas, ainda mais na nossa área (injeção eletrônica), preço de banana é furada na certa.


Acontece que, muita gente que trabalha com sistemas de injeção eletrônica reman, entende que durante o processo de remanufatura não é necessário substituir todos os itens de desgaste.


Nesse sentido, acabam deixando anéis, ponteiras, bobinas, entre outros componentes desgastados que, na verdade, deveriam obrigatoriamente serem substituídos.

Obviamente, isso resulta num preço muito mais barato se comparado ao valor de quem faz do jeito certo. Porém, na prática, esse barato sairá bastante caro.

PREÇO NÃO É TUDO

A injeção de combustível interfere em todo o funcionamento do motor. Por isso, se for de má qualidade, obviamente resultará em mais tempo de máquina parada. É simples, basta só fazer as contas para entender que não compensa.


Além da chance de te deixar na mão ser muito maior, é preciso levar em conta também a durabilidade. Uma peça de má qualidade, com sorte, durará em torno de 500 horas, enquanto uma de boa qualidade poderá rodar até 5000 horas.


Ou seja, com uma peça dessas baratas e de má qualidade, você vai ter que ficar em média 10 vezes mais tempo com a máquina parada. Olha o prejuízo! Levando em conta o exemplo acima, o total chega a R$ 60.000,00!!!




  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Linkedin
Logomarca WP.png